Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cofundador da Wikipédia lança site para combater “notícias falsas”

Jemal Countess/GettyImages

O novo meio digital, sem anúncios, terá uma redação de jornalistas contratados e voluntários. Segundo Jimmy Wales, destina-se a quem procura informação de alta qualidade, baseada em factos

Contra as tão faladas “fake news”, o cofundador da Wikipédia, Jimmy Wales, anunciou a criação de uma nova plataforma de notícias “factuais e neutras”, de acesso livre e onde anúncios não entram.

“As pessoas estão muito preocupadas. Querem ter a certeza de que têm acesso a informação de alta qualidade, baseada em factos, por isso acredito que teremos procura”, explicou Wales à BBC, acrescentando que gostaria de começar o Wikitribune com 10 a 20 jornalistas.

Os contributos particulares são benvindos. Qualquer cidadão poderá fazer alterações nos textos, mas essas mudanças só serão publicadas depois de aprovadas por um dos jornalistas da equipa.

Apesar do vínculo de Wales à Wikipédia, o novo site não lhe está ligado, sendo independente também da Wikimedia Foundation. O objetivo é que o projeto se financie através de crowdfunding, sendo a equipa de profissionais contratados reforçada por equipas de voluntários.

Aos autores das notícias será pedido que indiquem as suas fontes, devendo também ser fornecidas transcrições completas ou parte das gravações das entrevistas efetuadas.
O professor de jornalismo Jeff Jarvis, criador do BuzzMachine, e a atriz e activista Lily Cole, fundadora da empresa de base tecnolócica Impossible, estão entre as personalidades a quem Wales pediu apoio para lançar o Wikitribune.