Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Socialistas Europeus apelam à mobilização de franceses contra Le Pen

ATTILA KISBENEDEK/AFP/GETTY

“Um voto contra Le Pen é um voto pela França e pela Europa”, sublinha Sergei Stanishev, presidente do Partido Socialista Europeu

O Partido Socialista Europeu (PSE) lamentou esta segunda-feira a derrota do seu candidato, Benoît Hamon, na primeira volta das presidenciais francesas, no domingo, e apelou à mobilização dos eleitores em torno de Emmanuel Macron e contra Marine Le Pen.

"Na segunda volta, espero que os eleitores de todo o espectro político se unam no voto contra a extrema-direita. Um voto contra Le Pen é um voto pela França e pela Europa", disse, em comunicado, o presidente do PSE, Sergei Stanishev.

Stanishev lamentou ainda que o resultado conseguido por Hamon, o candidato do PS francês, não tenha refletido "a campanha inclusiva" que travou, e salientou que a família política europeia apoiará os socialistas franceses nas legislativas de junho.

O centrista Emmanuel Macron lidera a primeira volta das presidenciais francesas com quase mais 2,5 pontos percentuais do que a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, quando estavam apurados 97% dos sufrágios.

Segundo os dados do Ministério do Interior, quando falta apurar apenas 3% dos votos, Macron obteve 23,86% dos votos, enquanto Le Pen conquistou 21,43%.

Macron e Le Pen disputam a presidência na segunda volta, dentro de duas semanas, a 7 de maio.

Em terceiro lugar ficou o conservador François Filon, com 19,94%, enquanto Jean-Luc Mélenchon (esquerda) obteve 19,62% dos votos.

O socialista Benoît Hamon obteve uma derrota histórica para o seu partido, com apenas 6,35% dos votos.