Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Malala nomeada Mensageira da Paz pelas Nações Unidas

Drew Angerer/GettyImages

A paquistanesa de 19 anos, que se tornou conhecida pelo seu ativismo a favor da educação para todas as raparigas no mundo, é a mais jovem escolhida pela ONU

Malala Yousafzai tornou-se a mais jovem Mensageira da Paz nomeada pela ONU. Aos 19 anos e depois de ser galardoada com o Nobel da Paz, em 2014, a decisão das Nações Unidas é também o reconhecimento do ativismo da paquistanesa em defesa da educação para as raparigas de todo o mundo.

“Mesmo perante o perigo, Malala Yousafzai mostrou um empenho inabalável com os direitos das mulheres, das raparigas e de todas as pessoas”, justifica o presidente da ONU, António Guterres, em comunicado.

“O seu ativismo corajoso inspirou muitas pessoas no mundo. Agora, como a nossa mais jovem Mensageira da Paz, ela pode fazer ainda mais para criar um mundo mais justo e pacífico”, acrescenta Guterres na nota oficial.

Malala tornou-se conhecida quando foi baleada na cabeça por um atiradou talibã, quando seguia no autocarro escolar, em 2012, um ataque por desafiar a proibição à educação feminina imposta pelo grupo islâmico.

Tratada no Reino Unido, nunca mais abandonou a sua causa, que transformou numa campanha mundial. Criou também o Fundo Malala, destinado a apoiar projetos de educação para raparigas nos países em desenvolvimento.