Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Suspeito de ataque em Estocolmo já constou dos arquivos das autoridades suecas

Autoridades suecas confirmaram que o suspeito do ataque com um camião na sexta-feira em Estocolmo, na Suécia, é um uzbeque de 39 anos. Suspeito já constou dos arquivos dos serviços de segurança suecos

As autoridades suecas confirmaram este sábado que o suspeito do ataque com um camião na sexta-feira em Estocolmo, na Suécia, é um homem de 39 anos, nascido no Uzbequistão, e revelaram que o homem em causa já constou dos arquivos dos serviços de segurança suecos.

Anders Thornberg, o chefe dos serviços de segurança da Suécia, disse que o suspeito atualmente não constava dos arquivos, mas já constou anteriormente. Thornberg disse ainda que os serviços de segurança suecos estão a trabalhar sobre este caso com agências de informação de outros países, mas não adiantou mais detalhes.

O chefe da polícia nacional sueca, Dan Eliason, declarou também que as autoridades acreditam que detiveram o homem que realizou o ataque. Segundo Eliason, os investigadores ainda não sabem se há outros envolvidos no ataque, mas "não podem excluir" esta possibilidade, indicando que o suspeito tem um "caráter mais marginal".

Segundo a polícia, também foi encontrado um engenho no camião, mas ainda não foi determinado se é "uma bomba ou um engenho inflamável".

O camião atropelou na sexta-feira várias pessoas ao início da tarde, na principal via pedonal da capital sueca, provocando a morte a quatro pessoas e ferimentos a outras 15, antes de embater na fachada de uma grande superfície comercial no centro de Estocolmo.