Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

É usbeque, suspeito do ataque de Estocolmo, tem 39 anos - e está detido

STRINGER/ Reuters

Homem detido esta madrugada como suspeito de estar relacionado com o camião que atropelou uma multidão no centro de Estocolmo é um usbeque, de 39 anos, que mostrou simpatias pelo grupo radical Estado Islâmico

Um homem suspeito de “ato terrorista” foi detido em Estocolmo, após o ataque com um camião que atropelou uma multidão no centro da cidade, matando quatro pessoas e ferindo 15, anunciou o Ministério Público.

O homem foi interrogado na sexta-feira em Märsta, uma pequena localidade a norte de Estocolmo. Trata-se de um Uzbeque de 39 anos, simpatizante do grupo extremista Estado Islâmico, segundo o jornal Aftonbladet.

O homem é suspeito de “homicídios de natureza terrorista”, disse à agência AFP a porta-voz do Ministério Público, Karin Rosander, sem precisar se era ou não o condutor do camião.

Segundo o diário "Aftonbladet", que cita fontes não identificadas, o homem declarou-se culpado e os seus traços coincidem com os do homem cuja imagem tinha sido difundida horas antes pela polícia sueca. Tinha também restos de cristais na sua roupa e um passa montanhas.

O usbeque, que reside noutro bairro da capital sueca, tinha colocado na sua página na rede social Facebook vídeos propagandísticos do Estado Islâmico e carregado no “gosto” em reação a uma foto de pessoas ensanguentadas tirada depois do atentado na maratona de Boston, em 2013.