Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Fisco espanhol faz Amazon pagar €2,2 milhões em impostos

GERARD JULIEN/GETTY

O gigante de comércio eletrónico duplicou a sua faturação no ano passado, mas a quantia surge em sequência de uma investigação relativa aos anos de 2010 e 2011

O grupo Amazon em Espanha teve que pagar mais de de 2,2 milhões de euros em sequência de uma investigação levada a cabo pelas autoridades fiscais espanholas, segundo refere o “El País”.

As três principais subsidiárias do gigante de comércio eletrónico em Espanha – Espanha Amazon Services, Amazon Fulfillment Web Services e Amazon – quase duplicaram a sua faturação no ano passado, chegando aos 106,7 milhões de euros, tendo declarado um lucro de 1,47 milhões.

No total, o grupo teve de pagar pagar 2,93 milhões de euros em impostos, mas mais de 2,2 milhões são relativos à investigação relativa aos anos de 2010 e 2011 concluída no ano passado.

A Hacienda tem aumentado as investigações nos dois últimos anos a várias multinacionais. A estratégia destas empresas passa, contudo, por registar a maioria das suas transações em países com menor tributação, o que à partida não representa uma ilegalidade.

A empresa alega por outro lado que parte dos seus lucros foram canalizados para o forte investimento que tem feito no país. "A Amazon paga todos os impostos que são necessários em todos os países onde atua. O imposto sobre as sociedades é calculado sobre o lucro e não sobre o faturamento; e os nossos lucros são mantidos baixos por causa do nosso plano de investimentos intenso e contínuo, e o facto deste negócio ser altamente competitivo e com margens muito apertadas. Nós investimos mais de 500 milhões de euros em Espanha desde 2011 e só este ano vamos contratar 600 pessoas, o que significa que o nosso pessoal na Espanha atingirá 1600 pessoas até o final de 2017 ", refere uma declaração da empresa, citada pelo “El País”.