Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais de metade dos brasileiros reprova o governo de Temer

UESLEI MARCELINO / Reuters

Uma sondagem revela esta sexta-feira que a desconfiança face ao chefe de Estado que substituiu Dilma Rousseff após a destituição chega aos 79%

Miguel Rebocho Pais

Uma sondagem do Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria, mostra que 55% dos brasileiros reprovam o governo do presidente Michel Temer, segundo a Agência Brasil. É uma subida de 9% para o início de dezembro, altura em que foi feito o inquérito anterior. Por contraste, apenas 10% dos 2.000 inquiridos acham positiva a ação do governo. A falta de confiança no presidente brasileiro parece ser comum à maioria da população, com os dados a apontar que oito em cada dez brasileiros desconfiam de Temer.

As estatísticas não são nada favoráveis ao antigo vice-presidente. Quase três em cada quatro brasileiros afirmam mesmo reprovar a sua forma de governar. A área de atuação que reúne menos apoio é a política fiscal (85% desaprovam). Por outro lado, as políticas que geram menos fricção são as que dizem respeito ao ambiente e educação.

Menos de um ano após a perda de mandato de Rousseff, 41% dos inquiridos acreditam que a administração da antiga presidente era melhor que a de Temer. A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, encarregue das comunicações vindas de Temer, já informou que não vai comentar os resultados da pesquisa.

As próximas eleições presidenciais do Brasil realizam-se em 2018. Lula da Silva, ex-presidente afeto ao Partido dos Trabalhadores - o mesmo de Dilma Rousseff - lidera neste momento as intenções de voto.