Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia prende mais um homem no seguimento do atentado de Londres

HANNAH MCKAY / Reuters

Autoridades informaram este domingo na página oficial na Internet que o homem agora detido é suspeito de estar a preparar atentados terroristas

A polícia britânica fez mais uma detenção na sequência da investigação ao atentado que ocorreu na quarta-feira junto ao Parlamento de Londres. Segundo informaram as autoridades este domingo na sua página oficial na Internet, o homem agora detido tem 30 anos e é suspeito de estar a preparar atentados terroristas.

"Um homem de 30 anos foi detido hoje, domingo, 26 de março, em Birmingham, por suspeita de preparação de atos terroristas", pode ler-se numa nota no website.

Esta é a 12ª detenção que a polícia metropolitana de Londres faz no seguimento do ataque de quarta-feira que matou cinco pessoas, entre elas o atacante, o britânico Khalid Masood (que mudou de nome depois de se converter ao islamismo). Masood galgou o passeio da ponte de Westminster e atropelou várias pessoas, três das quais morreram. Embateu depois contra um muro e saiu do carro, tendo esfaqueado mortalmente um polícia. De seguida, foi abatido a tiro pelas forças de segurança.

Destes 12 detidos, além do que foi preso este domungo, apenas um homem de 58 anos se mantém sob a custódia da polícia. Uma mulher de 32 anos saiu em liberdade depois de pagar a caução e os restantes nove detidos foram libertados sem serem acusados de nada.

A detenção deste domingo surge depois de, ontem à noite, a polícia de Londres ter dito que, com as investigações que foram feitas até agora, tudo uindicava que Masood tinha actuado sozinho e que é muito possível que nunca se saibam as razões que o levaram a realizar o ataque.