Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mandado parar junto à Casa Branca num carro roubado, disse que tinha uma bomba

Após ter sido mandado parar num posto de controlo, o individuo de 29 anos disse que tinha uma bomba no carro depois de ser imoblizado

As autoridades norte-americanas anunciaram esta manhã terem detido no passado sábado um homem, que após ter sido mandado parar num posto de controlo junto à Casa Branca, ao volante de um carro roubado, efetuou uma ameaça e afirmou: “Está uma bomba no porta-bagagens”.

Sean Patricl Keouighan, natual de Roanoke, Virginia, disse que tinha a bomba escondida após ter saído na viatura segurando algo numa das mãos. A polícia acabou por imobilizá-lo no chão, tendo ele então afirmado: “Isto é um teste”.

O individuo foi detido por falsa ameaça de bomba e por furto de um veídulo.

Num outro episódio ocorrido no mesm o dia, um outro cidadão norte-americano, William Bryant Rawlinson, natural de Silver Spring, Maryland, foi detido após ter saltado uma das vedações de metal em redor da residência do Presidente.