Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detido segundo suspeito de tiroteio em escola em França

VALERY HACHE/GETTY

O segundo detido é o irmão de um amigo próximo do atirador, que foi preso logo após o incidente

As autoridades que estão a investigar o tiroteio de quinta-feira numa escola secundária na França prenderam o irmão de um amigo próximo do atirador, referiu esta sexta-feira uma fonte próxima da investigação.

Esta é a segunda detenção no caso, já que a polícia prendeu o atirador, um jovem de 16 anos, logo após o incidente.

O tiroteio provocou 14 feridos, sendo que três adolescentes e o diretor da escola continuam hospitalizados.

O jovem atirador, aparentemente motivado pelas más relações com os outros alunos da escola, abriu fogo na quinta-feira no seu liceu, na cidade de Grasse, no sudoeste da França.

O autor dos disparos não ofereceu resistência durante a sua prisão e já "começou a falar" com autoridades, segundo a mesma fonte.

As autoridades francesas já afastaram a possibilidade de uma intenção terrorista no ataque.