Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícias australianos usaram barco de contraterrorismo para irem surfar

Os dois agentes da polícia marítima participaram num exercício e acabaram por usar a embarcação para chegarem a uma zona de difícil acesso, muito popular entre os surfistas

Dois polícias marítimos australianos foram alvo de ação disciplinar por terem usado um barco das operações de contraterrorismo para irem surfar .

A dupla de agentes, cuja identidade não foi revelada, tinha participado na passada quinta-feira num exercício junto à ilha de Swan, no sudeste da Austrália, e acabou por usar o barco insuflável rígido para conseguir chegar ao Corsair Rock, um local muito popular entre surfistas e apenas acessível por barco.

O barco insuflável que usaram indevidamente tem o valor de cerca de 467 mil euros. O treino antiterrorismo em que participaram é realizado anualmente naquela zona, desde meados dos anos 1990.