Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Oito pessoas morrem durante uma distribuição de comida

Aconteceu na Zâmbia, um país africano gravemente atingido pela seca

Luís M. Faria

Jornalista

Seis mulheres, um homem e um rapaz morreram em consequência de um tumulto ocorrido durante uma distribuição de comida em Lusaca, capital da Zâmbia.

Organizado pela Igreja de Cristo, uma entidade norte-americana, o evento atraiu dezenas de milhares de pessoas ao Centro Olímpico para o Desenvolvimento da Juventude. Primeiro teve lugar um serviço religioso, e a seguir a entrega de géneros alimentares, incluindo óleo, sal, açúcar, soja e uma couve por cabeça.

Foi nesta fase que o desastre aconteceu. A igreja distribuiu pequenos pedaços de papel com números a quem se encontrava na fila. Mas as coisas saíram fora de controlo. O desespero dos presentes, na sua maioria oriundos de bairros de lata próximos, provocou o caos. No final, cinco pessoas morreriam no local, e outras três no hospital. Houve dezenas de feridos.

A distribuição de comida foi temporariamente suspensa, mas muita gente continuou à espera. Vítimas da seca que assola o sul do continente, bem como de pragas agrícolas diversas, na Zâmbia e outros países africanos abundam em situações de miséria que levam por vezes a dramas como o desta segunda-feira.