Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Presidente cubano critica políticas “egoístas” e muro “irracional” de Trump

ADALBERTO ROQUE/GETTY

Pela primeira vez, Raúl Castro comentou as propostas do novo residente na Casa Branca

O Presidente cubano critica duramente as políticas de Donald Trump, nomeadamente no que se refere à imigração e comércio, considerando “irracional” a intenção de construir um muro na fronteira mexicana e “egoístas” as propostas no domínio comercial.

Quanto à imigração, Raúl Castro considera que esta se deve à crescente desigualdade e pobreza provocadas por um sistema económico internacional injusto, o que não se pode “travar com muros”, mas sim “com cooperação, entendimento e paz”.

No discurso, proferido este domingo durante uma cimeira de líderes de esquerda na Venezuela e transmitido pela televisão estatal, Castro insistiu que a nova agenda do Governo dos Estados Unidos “ameaça desencadear uma política comercial extrema e egoísta, que afetará a competitividade do nosso comércio exterior, violará os acordos ambientais e promoverá a perseguição aos migrantes para os deportar”.

Depois da abertura promovida por Barack Obama, a Casa Branca anunciou no mês passado ter em curso uma “revisão completa de todas as políticas norte-americanas em relação a Cuba”.