Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Forças iraquianas cercam o Daesh em Mossul

SUHAIB SALEM / Reuters

Segunda ponte sobre o rio Tigre tomada pelas forças de Bagdade. É considerada um dos principais pontos estratégicos de Mossul, último bastião do autodenominado Estado Islâmico no Iraque

As tropas iraquianas tomaram controlo da ponte al-Hurriya (da Libertade), uma das principais entradas e saídas de Mossul, a terceira maior cidade do Iraque e que está sob ocupação do Daesh.

Trata-se da segunda ponte sobre o rio Tigre a ser recapturada pelo exército que combate os jiadistas no terreno, numa operação que teve início em outubro do ano passado.

Esta informação, já confirmada por Bagdade, surge um dia depois dos ataques em larga escala realizados pelos iraquianos na parte ocidental de Mossul.

A zona este já foi reocupada ao Daesh em janeiro.

De acordo com a BBC, que avançou com a notícia, apesar dos danos causados pelos ataques aéreos dos aviões da coligação internacional, vai ser possível ao exército iraquiano atravessar a pé ponte da Liberdade.

Outras das pontes atingidas pela aviação foram completamente destruídas com o objetivo de limitar as movimentações do exército de Abu Bakr al-Baghdadi na parte este de Mossul, que é o último bastião do Daesh no Iraque.