Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O discurso de Trump resumido em nove frases

Lo Scalzo - Pool/Getty Image

Seleção de frases do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no primeiro discurso que proferiu, na noite de terça-feira, no Congresso, para defender as medidas adotadas durante o seu primeiro mês na Casa Branca e o seu programa político

"As nações livres são o melhor veículo para expressar a vontade do seu povo – e a América respeita o direito de todas as nações de traçarem o seu próprio caminho. O meu trabalho não é representar o mundo. O meu trabalho é representar os Estados Unidos da América. Mas sabemos que a América está melhor quando há menos conflito – não mais".

"Acredito que uma reforma real e positiva da imigração é possível desde que nos concentremos nos seguintes objetivos: melhorar os empregos e os salários dos norte-americanos, para reforçar a segurança da nossa nação, e restaurar o respeito pelas nossas leis".

"Vamos iniciar em breve a construção de um grande muro ao longo da nossa fronteira do sul. Vai começar antes do programado e, uma vez terminado, vai ser uma arma muito eficaz contra o crime e a droga"

"Como prometido, instrui o Departamento de Defesa para desenvolver um plano para demolir e destruir o ISIS [Estado Islâmico] – uma rede de selvagens sem lei que tem massacrado muçulmanos e cristãos e homens e mulheres e crianças de todas as religiões e crenças. Vamos trabalhar com os nossos aliados, incluindo os nossos amigos e aliados do mundo muçulmano, para erradicar da face da Terra este vil inimigo".

"Devemos aprender com os erros do passado – temos visto a guerra e destruição a grassar no nosso mundo. A única solução a longo prazo para estas catástrofes humanas é criar condições para que as pessoas deslocadas possam regressar às suas casas em segurança e iniciar o longo processo de reconstrução".

"Apoiamos firmemente a NATO, uma aliança forjada a partir de laços das duas Guerras Mundiais que derrubaram o fascismo, e da Guerra Fria que derrotou o comunismo. Mas os nossos parceiros devem cumprir as suas obrigações financeiras. E agora, com base nas nossas fortes e francas discussões, eles estão a começar a fazer exatamente isso".

"Não podemos permitir que uma 'base' de terrorismo se forme dentro dos Estados Unidos – não podemos permitir que a nossa nação se torne num santuário para extremistas. É por isso que a minha administração tem estado a trabalhar para melhorar os procedimentos de escrutínio e, em breve, daremos novos passos para manter a nossa nação segura – e manter longe aqueles que podem causar-nos mal".

"Perdemos mais de um quarto dos nossos empregos na indústria desde que o Acordo de Comércio Livre da América do Norte (NAFTA) foi aprovado e perdemos 60.000 fábricas desde que a China aderiu à Organização Mundial do Comércio em 2001".

"A partir de agora, a América vai ser fortalecida pelas nossas aspirações, não sobrecarregada pelos nossos medos – inspirada pelo futuro [e] não ligada aos fracassos do passado – e guiada pela nossa visão [e] não cega pelas nossas dúvidas. Peço a todos os cidadãos para abraçarem esta renovação do espírito norte-americano. Peço a todos os membros do Congresso para se juntarem a mim e sonharem alto e coisas audazes e ousadas para o nosso país".