Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Flynn já tem substituto. Trump nomeia general do Exército seu conselheiro de segurança nacional

KEVIN LAMARQUE/Reuters

“Estou ansioso por me juntar à equipa de segurança nacional e fazer tudo o que puder para proteger os interesses do povo americano”, declarou o novo conselheiro, o tenente-general do Exército H. R. McMaster

O Presidente dos Estados Unidos anunciou esta segunda-feira a nomeação do tenente-general do Exército, H.R. McMaster, como seu conselheiro de segurança nacional, para substituir Michael Flynn. McMaster já veio dizer que é “um privilégio” continuar a servir a nação.

“É um homem com um tremendo talento e uma tremenda experiência”, referiu Donald Trump ao introduzir McMaster aos jornalistas na sua propriedade na Florida. “Ele é altamente respeitado por toda a gente no Exército e nós estamos muito honrados”, sublinhou.

Trump anunciou ainda que o tenente-general na reforma Keith Kellogg, que estava temporariamente no cargo em questão, vai ficar como chefe de gabinete do conselho nacional de segurança. “Acho que essa combinação vai ser muito especial. Que equipa. Esta é uma grande equipa”, exclamou o chefe do Executivo norte-americano.

Na semana passada, Michael Flynn renunciou ao cargo de conselheiro de segurança nacional por alegadamente ter discutido as sanções impostas à Rússia pela administração Obama com o embaixador russo em Washington, Sergei Kisliak, e de ter escondido a informação a membros do Executivo, incluindo o vice-presidente Mike Pence.

A primeira escolha de Trump para a Flynn foi o vice-almirante Robert Hardward, que recusou o convite porque o Presidente apenas forçou Flynn a resignar e manteve K.T. McFarland como vice-conselheira.