Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Primeiro-ministro australiano diz que Trump está a perder tempo ao criticar os media

Stefan Postles/Getty

Malcolm Turnbull recorreu a uma citação de Winston Churchill para procurar mostrar que a atitude que o Presidente norte-americano está a tomar em relação ao jornalismo não faz sentido. O comentário ocorre após os dois líderes políticos terem-se desentendido no final do mês passado

“Um grande político, Winston Churchill, disse uma vez que políticos a queixarem-se dos jornais é como um marinheiro a queixar-se do mar”, afirmou o primeiro-ministro australiano Malcolm Turnbull esta sexta-feira, comentando as criticas que o Presidente norte-americano, Donald Trumpo tem efetuado em relação aos media.

“Não faz sentido. Isto são os media com os quais vivemos e nós temos de fazer passar a nossa mensagem e agradece-lhes pela vossa graciosa atenção”, afirmou durante uma conferência de imprensa no parlamento em Camberra.

“A imprensa tornou-se tão desonesta que se não falarmos disso, estaremos a prestar um tremendo mau serviço ao povo americano”, afirmou Donald Trump, nas suas últimas criticas em relação aos media.

Durante uma conversa telefónica no final do mês passado, os dois líderes políticos desentenderam-se, relativamente ao anterior compromisso dos Estados Unidos receberem 1250 dos 2500 refugiados que se encontram na Austrália, tendo Trump interrompido a chamada mais cedo do que o previsto. O Presidente norte-americano afirmou que se tratava de um “acordo burro”.

O primeiro-ministro australiano afirmou, contudo, que entretanto mantiveram outros contatos telefónicos “construtivos”, nos quais Trump foi “franco e direto”.