Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais de 600 baleias deram à costa em praias da Nova Zelândia

ANTHONY PHELPS/REUTERS

Em causa poderá estar a desorientação destes mamíferos e uma alteração dos seus sistemas sensoriais, possivelmente causada pelas correntes marinhas

Mais de 600 baleias deram à costa em praias da Nova Zelândia desde sexta-feira, sem que os peritos consigam explicar os motivos deste fenómeno.

Segundo a comunicação social local, a chegada de baleias às praias começou há dois dias quando foram localizados cerca de 400 animais numa praia perto da população de Nelson, na Ilha do Sul da Nova Zelândia.

Trezentas baleias morreram, mas um grupo vasto de voluntários conseguiu reanimar as restantes 100, numa operação de salvamento em cadeia.

Uma segunda leva, com cerca de 240 baleias, encalhou no sábado na mesma área, conhecida como Golden Bay, embora neste caso tenham conseguido por elas próprias desencalhar e regressar a alto mar.

Estes cetáceos são baleias piloto que podem medir até seis metros e pesar mais de três toneladas.

A chegada à costa deste tipo de baleias é relativamente frequente na área costeira da Nova Zelândia, cujas águas registam um dos maiores índices de densidade de mamíferos marinhos do mundo.

Contudo, os peritos desconhecem o motivo exato deste fenómeno. Uma das hipóteses é que as correntes marinhas as desorientem e alterem os seus sistemas sensoriais.