Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump reafirma confiança em assessora que promoveu produtos da sua filha

getty

Uma porta-voz da Casa Branca afirmou que o Presidente dos EUA “compreendia que ela estava apenas a apoiar uma mulher maravilhosa por quem ela tem grande respeito e sentiu que foi tratada injustamente”

A Casa Branca disse esta quinta-feira que Donald Trump continua “absolutamente” a apoiar a sua conselheira Kellyanne Conway, depois de esta ter promovido os produtos da linha de moda da sua filha, Ivanka Trump, durante uma entrevista à Fox News.

Em resposta a questões da AP, fonte da Casa Branca disse que o Presidente não tinha visto a entrevista, mas uma porta-voz afirmou que Trump “compreendia que ela estava apenas a apoiar uma mulher maravilhosa por quem ela tem grande respeito e sentiu que foi tratada injustamente”.

A mesma fonte acrescentou que Trump também “apoia totalmente a sua filha”.

Ainda assim, a Casa Branca fez também saber que Kellyanne já tinha sido aconselhada sobre o tema, sem dar mais detalhes. E mais tarde, no briefing diário da Casa Branca, o porta-voz Sean Spicer voltou a dizer: “Kellyanne foi chamada à ordem sobre este assunto, ponto final”.

"Detesto ir às compras. Mas hoje até vou comprar algumas coisas para mim. É uma linha de roupa maravilhosa, tenho algumas peças. Vou fazer publicidade grátis aqui. Vão comprá-la agora. Podem comprar online", disse Kellyanne à Fox News.

Em causa está o anúncio dos armazéns Nordstrom de que iam deixar de vender a linha de vestuário e acessórios de Ivanka Trump devido ao baixo número de vendas. Uma decisão que já tinha levado o Presidente Trump a fazer um comentário no Twitter, denunciando o tratamento que a Nordstrom tinha dado à sua filha.

Nessa altura, o porta-voz da Casa Branca defendeu o direito de Trump “defender a sua família”, mas agora distanciou-se das declarações de Conway.