Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Líder iraniano agradece a Trump por mostrar “o verdadeiro rosto dos Estados Unidos”

REUTERS

Respondendo a Donald Trump, o ayatollah Ali Khamenei diz que a sua gratidão não vai para Barack Obama mas antes para o “Sr. recém-chegado”

O líder supremo do Irão, ayatollah Ali Khamenei, respondeu esta terça-feira em tom jocoso aos comentários ameaçadores do Presidente Donald Trump, agradecendo ao “senhor recém-chegado” por ter mostrado “o verdadeiro rosto dos Estados Unidos”.

Na semana passada, após o Irão ter efetuado testes a um míssil balístico, Trump escreveu uma mensagem no Twitter a afirmar que o regime de Teerão estava a “brincar com o fogo”, comentando que “não apreciaram devidamente quão ‘amistoso’ o Presidente Obama fora para com eles. Eu não”.

Khamenei respondeu agora em declarações à televisão estatal iraniana: “Porque deveríamos nós estar gratos à anterior administração dos Estados Unidos? Por ter imposto sanções anti-iranianas? Por causa do grupo extremista Daesh? Por ter ateado fogo à região no Iraque e na Síria?”

O líder iraniano acrescentou: “Nós estamos gratos ao Sr. recém-chegado, obviamente, uma vez que ele mostrou o verdadeiro rosto dos Estados Unidos e provou o que o Irão tem dito ao longo de 38 anos sobre a corrupção moral, política, económica, social e moral do Governo dos Estados Unidos”.

Relativamente a Trump ter dito que o Irão estava “advertido” relativamente à eventual imposição de novas sanções, Khamenei respondeu que o povo iraniano “não tem medo de ameaças”.