Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

China exibe em exercícios recentes novo míssil de alta precisão

GREG BAKER/GETTY IMAGES

Altamente preciso, o DF-16 tem capacidade para ameaçar as bases americanas e japonesas na Ásia

Num exercício recente da Força Rocket, a China disparou um míssil balístico altamente preciso, capaz de ameaçar bases americanas e japonesas na Ásia, noticia a Associated Press.

O DF-16 de médio alcance foi exibido num vídeo publicado na semana passada no site do Ministério chinês da Defesa. Exibido pela primeira vez durante um desfile militar em Pequim, em 2015, acredita-se que o míssil tenha uma extensão de 1000 quilómetros, colocando-o a uma distância ‘perigosa’ tanto de Okinawa, região onde estão várias instalações militares norte-americanas, como das ilhas japonesas, de Taiwan e das Filipinas.

O DF-16 substitui o DF-11, mais antigo e de alcance mais reduzido, com capacidade para ajustar a sua trajetória para atingir alvos de movimento lento e para iludir as defesas antimísseis, como o sistema US Patriot implantado por Taiwan.

Com possibilidade de transportar até três ogivas, é-lhe atribuída uma precisão tão rigorosa como uns escassos cinco metros do alvo, semelhante ao de um míssil de cruzeiro.