Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Milhares de pessoas em nova manifestação anti-Trump em Londres

HAYOUNG JEON

Milhares de pessoas manifestaram-se hoje em Londres, pela segunda vez, para protestar contra uma visita de Estado ao Reino Unido do Presidente norte-americano, Donald Trump, e contra a sua "política racista" de imigração.

Milhares de pessoas manifestaram-se hoje em Londres, pela segunda vez, para protestar contra uma visita de Estado ao Reino Unido do Presidente norte-americano, Donald Trump, e contra a sua "política racista" de imigração.

Os manifestantes começaram a juntar-se ao final da manhã em frente da embaixada dos Estados Unidos em resposta ao apelo de várias organizações antirracistas, pacifistas e anti-austeridade como "Stand Up to Racism", "Stop the War Coalition", "UK Muslim Association" ou "The People's Assembly Against Austerity".

Dali seguiram para Trafalgar Square, marchando com cartazes com mensagens como "Não ao Racismo!", "Não a Trump!", "Trump para o lixo!" ou "Ele mente!".

"Todos os que são contra o racismo e pelos direitos humanos devem erguer-se", lê-se na página da manifestação no Facebook.
Alguns manifestantes criticaram também o "conluio" entre a primeira-ministra britânica, Theresa May, e Donald Trump, que convidou a visitar o Reino Unido. "Se Theresa May persistir no convite a Trump, vamos paralisar a capital", lançou aos manifestantes o vice-presidente da "Stop the War Coalition", Chris Nineham.

O protesto de hoje sucede a outro realizado na segunda-feira, quando dezenas de milhares de pessoas se juntaram em Whitehall, grande avenida do centro de Londres.

Mais de 1,8 milhões de pessoas assinaram por outro lado uma petição que pede que a visita de Trump ao Reino Unido não seja uma visita de Estado, para "poupar" à rainha Isabel II "o embaraço" de um encontro protocolar com o milionário.

Essa petição vai ser debatida no parlamento a 20 de fevereiro.