Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Ele está a mentir-vos”: o protesto silencioso de um eurodeputado contra Farage

REUTERS

Enquanto defendia a política de Donald Trump, o eurodeputado Nigel Farage tinha por trás um colega do Parlamento Europeu com um cartaz em punho, em que se lia: “Ele está a mentir-vos”. Ao longo dos mais de quatro minutos de intervenção, ali esteve Seb Dance em protesto. “Tive um momento que se lixe”, explicou

Pouco passava do primeiro minuto da intervenção de Nigel Farege no Parlamento Europeu, esta quarta-feira, quando o eurodeputado foi alvo do protesto. Enquanto falava, um outro eurodeputado, Seb Dance, colocou-se por trás da fileira de cadeirascom um cartaz: “Ele está mentir-vos”.

No meio da intervenção acesa sobre as recentes medidas impostas por Donald Trump, Farage foi interrompido duas vezes, sendo-lhe pedido que fosse mais “respeitador”. E enquanto isto acontecia, lá se mantinha o eurodeputado com o cartaz em punho.

Não é possível perceber se o britânico percebeu o que se estava a passar à sua volta, no entanto, dois homens aproximaram-se em ocasiões diferentes de Seb Dance, talvez numa tentativa de o dissuadir do protesto. “Foi frustração. Francamente, estava a farto de ouvir mensagens nacionalistas e populistas como se fossem a solução para o problema das pessoas. O que é realmente frustrante no Parlamento Europeu, é que não conseguimos intervir e ele [Nigel Farege] ia ter três minutos de discurso sem interrupções. Achei que já chegava. Tive de fazer algo cru e sem qualquer anúncio para chamar a atenção para o que está a acontecer. Tive um momento que se lixe”, explicou mais tarde ao jornal britânico “The Guardian”.

Nigel Farage, além de eurodeputado, é um dos grandes defensores da saída da União Europeia e antigo líder do Partido da Independência do Reino Unido (UKIP). No discurso desta quarta-feira no Parlamento Europeu defendeu a política de Trump e desafiou a instituição a convidar o recém-eleito Presidente dos Estados Unidos para uma visita. “Como democratas que dizem que são, acredito ser necessário um diálogo aberto. Se me rejeitarem este pedido, então provam que são antidemocratas que sempre achei que eram”, atirou.

Mais tarde, o vídeo completo do discurso, em que o papel também é visível, foi partilhado por Farage na sua conta no Twiter, sem fazer qualquer referência ao momento. Entretanto, Bill Etheridge, eurodeputado UKIP, apresentou queixa contra Seb Dance, argumentando que se tratou de um comportamento “patético e cobarde”.

“O que o presidente do Parlamento decidir, fico feliz e aceito”, assegurou Dance.