Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Presidente mexicano cancela encontro com Trump

Peña Nieto, Presidente do México

EDGARD GARRIDO/Reuters

A decisão vem no seguimento das crescentes tensões entre Enrique Peña Nieto e o recém-empossado Presidente dos Estados Unidos, um dia depois deste ter dado luz verde à construção de um muro na fronteira entre os dois países

O Presidente do México anunciou esta quinta-feira que não vai comparecer na reunião que estava marcada para dia 31 deste mês com Donald Trump. A decisão de Enrique Peña Nieto vem no seguimento do decreto assinado pelo Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, que autoriza a construção de um muro na fronteira entre os dois países.

Na véspera, em entrevista exclusiva à ABC News, Trump reforçou o que já havia dito durante a sua campanha presidencial: que seria o México a pagar o muro “a 100 por cento”.

Pouco depois do anúncio ter sido feito, o Presidente mexicano foi muito pressionado para cancelar a ida a Washington, onde deveria reunir-se com Trump. Mesmo assim, Peña Nieto ainda resistiu. Na resposta inicial transmitida em direto na televisão na noite de quarta-feira (madrugada de quinta em Lisboa), o governante deu conta de que o México “não vai pagar por muro algum”. E decidiu manter agendada a reunião na Casa Branca de terça-feira próxima, que tinha como objetivo a negociação do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA em inglês), pela importância do mesmo.

Já esta quinta-feira, Trump voltou à carga, mais uma vez via Twitter: “Se o México não quer pagar o muro, então é melhor cancelar a reunião marcada”.

Estava dado o mote. E Peña Nieto não tardou muito a responder, na mesma rede social, agora para voltar atrás na decisão de viajar para os EUA:

O Braço de ferro mantém-se e aguarda-se pelos próximos episódios.