Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Jiadistas derrotados em bairro líbio de Benghazi

ABDULLAH DOMA/GETTY

As forças leais ao líder militar líbio Khalifa Haftar anunciaram terem tomado um dos últimos redutos do Ansar al-Sharia, grupo ligado ao autodenominado Estado Islâmico (Daesh), num bairro de Benghazi

Os jiadistas perderam um dos seus últimos redutos na segunda maior cidade líbia, segundo anunciaram forças leais ao líder militar libio Khalifa Haftar.

O autoproclamado Exército Nacional Líbio (ENL) “libertou toda a Ganfouda”, uma área situada a 15 quilómetros a oeste do centro de Benghazi, segundo anunciou um porta-voz na quarta-feira. A informação foi também confirmada por dois responsáveis militares das forças leais a Haftar.

Jamal al-Zahawi declarou à televisão líbia que as suas forças libertaram mais de 60 pessoas que se encontravam detidas pelos jiadistas.

O controlo de Ganfouda era um dos objetivos da campanha lançada por Haftar, líder do Exército Nacional Líbio (ENL) em meados de 2014.

O ENL não é contudo reconhecido pelo atual regime líbio apoiado pelas Nações Unidas.