Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump assinou decreto para construção do muro com o México. E garante que os americanos vão ser reembolsados

JONATHAN ERNST/REUTERS

Presidente dos EUA assegura que o início da obra vai ocorrer “o mais depressa possível” e que o México é que vai pagar tudo

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou esta quarta-feira dois documentos: um que decreta a construção de um muro na fronteira norte-americana com o México e um outro que retira dinheiro federal aos estados e cidades que abrigam imigrantes ilegais (as chamadas “cidades santuário”), escreve a Reuters.

Numa entrevista exclusiva à ABC News, Trump garantiu que a construção do muro vai ter início “dentro de meses” mas que o seu planeamento é para “começar imediatamente”. A entrevista decorreu esta quarta-feira, na Casa Branca, e vai ser transmitida às 22h locais (03h em Portugal Continental), mas a estação televisiva já publicou um pequeno excerto.

Trump adiantou também que as negociações entre as duas nações vão começar “relativamente rápido”.

Em relação ao financiamento da construção, Trump explicou que, numa primeira fase, o dinheiro investido será dos contribuintes americanos, que vai ser usado para dar início à obra. Posteriormente, o Presidente afirmou que o México vai “reembolsar a 100 por cento” todo o investimento norte-americano.

“Vamos ser ressarcidos pelo México numa fase posterior de qualquer transação que fizermos. Vai haver pagamento”, sublinhou Trump. O Presidente norte-americano reconheceu que “talvez seja de uma forma complicada”, mas o que está a fazer “é bom para os Estados Unidos e também vai ser bom para o México. Nós queremos um México estável e sólido”.

Questionado pela ABC a propósito da recusa mexicana em pagar a fatura do muro, Trump respondeu que Peña Nieto não podia afirmar outra coisa. “Ele tem de dizer isso, tem de dizer isso”, referiu o multimilionário nova-iorquino.

Segundo cálculos realizados pela comunicação social norte-americana durante a época eleitoral, escreve a Lusa, a ideia de Trump poderá custar cerca de 10 milhões de dólares (9,4 milhões de euros).

O grande objetivo de Donald Trump com a construção do muro é travar a entrada de imigrantes ilegais no território americano.