Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Retirados três cachorros vivos dos escombros do hotel em Itália

ALESSANDRO DI MEO/EPA

O salvamento dos animais deu esperança às equipas de emergência que possíveis sobreviventes do acidente tenham encontrado bolsas de ar sob as toneladas de neve e detritos

Equipas de resgate retiraram esta segunda-feira três cachorros vivos dos escombros de um hotel atingido por uma avalancha na passada quarta-feira, no centro de Itália.

O porta-voz dos bombeiros, Fabio German, afirmou que a descoberta dos animais mostra que ainda há hipóteses de encontrar vivas algumas das 23 pessoas soterradas pela neve.

O balanço provisório deste incidente é de seis mortos, mais de vinte desaparecidos e 11 pessoas resgatadas com vida, das quais nove foram retiradas dos escombros do hotel Rigopiano, localizado na região centro de Itália, que foi atingido por mais de 60 mil toneladas de neve na passada quarta-feira, dia 18.

Já passou entretanto mais de um dia desde que alguém foi retirado com vida dos escombros, enquanto as condições no local estão a deteriorar-se, com a neve a transformar-se em gelo.

Após a avalancha, os socorristas cavaram mais de 24 horas perante um silêncio de morte antes de se aperceberem dos primeiros sobreviventes.

A região sofreu no início da semana uma queda de neve histórica, que deixou centenas de moradores de aldeias isolados, enquanto uma série de sismos fortes na quarta-feira reavivou o trauma dos terramotos mais poderosos de agosto e outubro passados e levou à tragédia no hotel.