Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Papa pede a Trump que se “preocupe com os pobres”

GIORGIO ONORATI/ EPA

Francisco reza para que as decisões do Presidente norte-americano “sejam guiadas pelos ricos valores espirituais e éticos do povo americano e com “preocupação com os pobres”

O papa Francisco afirmou esta sexta-feira rezar para que as decisões do Presidente norte-americano, Donald Trump, "sejam guiadas pelos ricos valores espirituais e éticos" do povo americano e com "preocupação com os pobres".

"Rezo para que as suas decisões sejam guiadas pelos ricos valores espirituais e éticos que modelaram a história do povo americano e pelo compromisso da sua nação pelo progresso da dignidade humana e liberdade em todo o mundo", escreveu o papa numa mensagem para Trump.

"Sob a sua presidência, que a estatura (internacional) da América continue a ser medida, antes de mais, pela sua preocupação com os pobres, os rejeitados e aqueles que precisam", acrescentou.

O papa afirmou também rezar para que Deus dê "sabedoria e força" a Trump no exercício das funções presidenciais. Donald Trump tomou esta sexta-feira posse como 45.º Presidente dos Estados Unidos, após ter prestado juramento às 12h locais (17h em Lisboa), sucedendo no cargo a Barack Obama.

Trump prestou juramento sobre duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que o ex-Presidente Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos -- seguradas pela sua mulher, Melania, e rodeado pelos seus cinco filhos.
O juramento de Trump foi conduzido pelo juiz John Roberts, presidente do Supremo Tribunal dos Estados Unidos.

Minutos antes, às 11h55 locais (16h55 em Lisboa), Mike Pence prestou juramento como vice-presidente dos Estados Unidos.