Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Sismo de grande magnitude nas ilhas Fiji

O sismo de 7,2 na escala de Richter deu origem a um alerta de tsunami

Um sismo de magnitude 7,2 na escala de Richter foi esta terça-feira registado ao largo das ilhas Fiji, tendo sido emitido um alerta de tsunami, segundo o instituto geológico dos Estados Unidos.
O sismo ocorreu a uma profundidade de 15 quilómetros e a 283 quilómetros de Suva, capital das Fidji.

O abalo ocorreu às 21h52 de Portugal continental e 10h52 locais de quarta-feira.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

Desconhece-se se o sismo provocou vítimas ou danos materiais.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico emitiu um aviso a advertir que "perigosas ondas de 'tsunami' são possíveis nas costas localizadas dentro de 300 quilómetros do epicentro do terramoto".

Na segunda-feira, um sismo de magnitude de 6,3 foi registado no mar a sudeste das Fiji.

Aquela região do Pacífico regista habitualmente sismos de magnitude superior a 5,0.

A zona situada entre as Fiji, Samoa e Tonga no Pacífico Sul tem dezenas de vulcões submarinos ativos localizados entre 1.000 e 1.500 metros de profundidade.