Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Obama é o homem mais admirado pelos norte-americanos

Chip Somodevilla/ Getty Images

Pelo nono ano consecutivo, o presidente dos Estados Unidos da América está no lugar cimeiro. Logo depois de Obama, surge Donald Trump. Na categoria feminina, Hillary Clinton é a vencedora e Michelle Obama é a segunda mais admirada

Donald Trump foi distinguido como “Pessoa do Ano” pela revista “Time”, mas não é o homem mais admirado pelos norte-americanos. Esse lugar pertence a Barack Obama. O ainda presidente dos Estados Unidos da América, segundo a sondagem da Gallup (empresa de consultoria e sondagens) divulgado esta quarta-feira, é o preferido de 22% dos entrevistados.

“Quem é o homem, vivo e em qualquer parte do mundo, de que já ouvi falar ou sobre o qual leu que mais admira? E qual é a sua segunda escolha?”. Estas foram as questões colocadas a uma amostra aleatória de 1 028 pessoas, maiores de 18 anos e residentes nos EUA.

Esta é a nona vez que Obama é considerado o homem mais admirado. No entanto, é a vez em que a diferença para o segundo classificado é menor. Até 2015, o presidente tinha cerca de 10% de diferença para o seguinte posicionado na tabela. Este ano, o caso muda de figura, com Donald Trump a conquistar 15% dos votos, ficando apenas a 7% do lugar cimeiro.

O papa Francisco e o candidatado às primárias norte-americanas, Bernie Sanders, ocupam o terceiro (4%) e quarto (2%) lugares, respetivamente.

Entre as mulheres mais admiradas em 2016, destaca-se Hillary Clinton. A candidata derrotada nas eleições presidenciais 12% das preferências. Esta é 15ª vitória consecutiva da democrata e a 21ª vez que é distinguida. “Desde 1993, o seu primeiro ano como primeira-dama, apenas perdeu esta honra três vezes: em 1995 e 1996 para a Madre Teresa de Calcutá e em 2001, para a primeira-dama da altura, Laura Bush”, lê-se no comunicado divulgado pela Gallup.

A segunda mulher mais admirada pelos norte-americanos é Michelle Obama. Este foi o melhor resultado alguma vez alcançado pela atual primeira-dama.

O topo cinco fica completo com a chanceler alemã Angele Merkel (3%), a apresentadora Oprah Winfrey (3%) e a apresentadora e comediante Ellen DeGeneres (2%).