Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Para o mundo era a Princesa Leia, para nós era uma amiga especial”

Charley Gallay/ Getty Images

A morte de Carrie Fisher apanhou muitos de surpresa. Atores, realizadores, apresentadores, amigos e familiares lamentaram o desaparecimento da “talentosa atriz” e da “mulher irreverente” que definiu o que “era uma heroína dos nossos tempos”

Inteligente, irreverente, amiga, sagaz e inspiradora. Todas estas foram palavras utilizadas para recordar e homenagear Carrie Fisher, que esta terça-feira morreu aos 60 anos. A eterna Princesa Leia apanhou muitos de surpresa e deixou a família de “Star Wars” “sem palavras”.

Harrison Ford, que interpretou o capitão Hans Solo, lembrou a forma “corajosa” como Fisher viveu. Os dois atores, que protagonizaram o romance entre Solo e a Princessa Leia, chegaram mesmo a manter também uma realação fora do ecrã. Segundo escreveu a atriz no livro de memórias que lançou recentemente, “The Princess Diarist”, durante as filmagens de “Star Wars -O Império Contra Ataca” em1980, ambos tiveram um caso, que terá durado cerca de três meses.

“Carrie era única. Brilhante, original, divertida e emocionalmente destemida. Viveu a vida corajosamente. Os meus pensamentos estão com a filha, Billie, a mãe, Debbie, o irmão, Todd, e os seus muitos amigos. Vamos todos sentir a sua falta”, refere Ford, em comunicado, citado pela agência Lusa.

Também George Lucas, realizador de “Star Wars”, lamentou a morte da amiga. “Temos sido amigos durante grande parte da nossa vida adulta. Ela era extremamente inteligente; uma talentosa atriz, escritora e comediante com uma personalidade muito colorida que toda a gente adorava. Em Star Wars, foi a nossa grande e poderosa princesa – exuberante, sábia e cheia de esperança num papel que é mais difícil do que a maioria das pessoas pensa. Os meus pensamentos estão com Billlie [filha de Carrie Fisher], Debbie [mãe de Carrie Fisher] e toda a sua família, amigos e fãs. Todos vamos sentir a sua falta”, lê-se no comunicado divulgado no site oficial da série de filmes.

Também a responsável da da Lucasfilm, produtora da saga, lamentou a morte da atriz, sublinhando a importância de Fisher para muitas jovens mulheres. “Carrie tem um lugar muito especial nos corações de todos nós na Lucas Film e é difícil apensar num mundo sem ela. Para o mundo era a Princesa Leia, para nós era uma amiga especial. Tinha um espírito indominável, era incrivelmente inteligente e um coração carinhoso. Definiu o que era uma heroína dos nossos tempos. A sua inovadora interpretação da Princesa Leia serviu de inspiração de poder e confiança para as jovens mulheres em todo o mundo. Iremos sentir muito a sua falta”, disse Kathleen Kennedy.

“Era especial, uma pessoa verdadeira que partilhou o talento e a verdade com a sagacidade e irreverência que lhe eram características. Milhões apaixonaram-se por ela enquanto a indomável Princesa Leia. Terá sempre um lugar especial no coração dos fãs de Star Wars, assim como no coração de todos aqueles que tiveram a sorte de a conhecer”, referiu Bob Iger, Chairman e CEO da Walt Disney, proprietária da Lucasfilm.

Através das redes sociais, milhares de pessoas homenagearam a atriz norte-americana. Entre as mensagens, destacam-se os tributos dos atores que partilharam o grande ecrã com Carrie Fisher.

Mark Hamill, ator que interpretou Luke Skywalker:

Peter Mayhew, ator que interpretou Chewbacca:

Dave Prowse, que interpretou Darth Vader:

Anthony Daniels, ator que interpretou o robô C-3PO:

Billy Dee Williams, ator que interpretou Lando Calrissian:

Warwick Davis, que interpretou Wicket: