Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Avião líbio com 118 pessoas a bordo sequestrado

DARRIN ZAMMIT LUPI/REUTERS

Um Airbus A320 da Afriqiyah Airways, que efetuava um voo doméstico na Líbia, com 118 pessoas a bordo, foi tomado por um sequestrador que o desviou para Malta e que está a ameaçar fazer explodir o avião

Um Airbus A320 da Afriqiyah Airways, que efetuava um voo doméstico na Líbia, com 118 pessoas a bordo, foi tomado esta sexta-feira de manhã por um sequestrador que o desviou para Malta e que ameaça fazer explodir o avião.

O avião encontra-se na pista do aeroporto internacional La Valletta rodeado, a alguma distância, por militares, mantendo os motores a funcionar.

O sequestrador afirma ter uma granada de mão, ameaçando fazer explodir o aparelho caso as suas exigências não sejam satisfeitas, refere o “Times of Malta”. Os media de Malta estão entretanto a referir que o sequestrador admitiu libertar todos os passageiros, mas não os membros da tripulação.

Algumas fontes referem a existência de dois sequestradores a bordo, mas o executivo de Malta apenas confirma um.

O primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat confirmou no Twitter que o aparelho aterrou no país após ter sido desviado. O primeiro-ministro está a liderar o Comité Nacional de Segurança encarregue de gerir a situação, tendo entretanto contactado o seu homólogo líbio.

“Todas as equipas de emergência foram destacadas para o local. Os passageiros são aconselhados a seguirem o site www.maltaairport.com para mais atualizações da situação”, indicou um comunicado do aeroporto internacional de Malta, que se encontra encerrado.

Antes de perder o contacto com o Controlo Aéreo de Tripoli, o comandante indicou que tentou aterrar na Líbia, tendo sido impedido de o fazer pelo sequestrador, segundo referiu um responsável líbio à agência Reuters.

O aparelho seguia de Sebha para Tripoli quando foi desviado.

Entre as 118 pessoas a bordo, 111 são passageiros e os restantes 11 são membros da tripulação. O primeiro-ministro de Malta especifica que são 88 passageiros homens, 28 mulheres e uma criança.