Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Uber forçada a retirar de São Francisco carros autónomos que passaram sinais vermelhos

Jeff Swensen/GETTY

São Francisco foi a segunda cidade em que a Uber testou os seus automóveis autónomos. Apesar deste revés, a empresa diz manter-se “100% empenhada” em recolocar estes carros na Califórnia

A Uber foi forçada a retirar de circulação de São Francisco os seus 16 automóveis autónomos que estavam a ser testados nas estradas da cidade desde a semana passada, e que haviam sido apanhados por diversas vezes a não pararem nos sinais vermelhos dos semáforos.

O Departamento de Veículos Motores da Califórnia (DVMC) anunciou esta quarta-feira ter revogado os registos das 16 viaturas, considerando que não tinham obtido a autorização necessária para veículos autónomos.

A Califórnia define como veículos autónomos aqueles que têm capacidade de condução “sem controlo físico ativo ou supervisão de uma pessoa”.

A Uber contesta a perspetiva da DVMC, de os seus veículos necessitarem da autorização para circularem em estradas públicas, alegando que não são totalmente autónomos, já que um condutor e um engenheiro vão nos lugares da frente e intervêm frequentemente perante situações complicadas no trânsito, em zonas de obras ou em passagens de peões.

A empresa foi contudo advertida de que seria alvo de ações legais por parte do DVMC e do procurador-geral da Califórnia caso prosseguisse com os testes sem a devida autorização.

“Estamos à procura de locais onde possamos recolocar estes carros em testes, mas continuamos 100% empenhados na Califórnia e iremos duplicar os nossos esforços para conseguirmos trabalhar dentro das regras estatais”, refere um porta-voz da Uber em comunicado.

Os testes em São Francisco surgiram após a empresa ter iniciado os testes dos seus carros autónomos em Pittsburgh, em setembro. Não está inteiramente claro se a Uber irá tentar obter a autorização requerida na Califórnia ou se, simplesmente, irá continuar os testes noutro estado.

Para além da Uber Technologies Inc, outras 20 empresas estão a desenvolver carros de condução autónoma, entre as quais a Alphabet's Google, Tesla Motors e a Ford Motos Co. A DVMC emitiu autorizações para a circulação de 130 carros de condução autónoma.