Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Principal suspeito do ataque de Berlim é um paquistanês de 23 anos

MICHAEL KAPPELER/EPA

Identidade do presumível autor do atropelamento de dezenas de pessoas no mercado de natal não foi oficialmente revelada, mas os media alemães dizem tratar-se de alguém que chegou há cerca de um ano à Alemanha, tendo pedido asilo

É paquistanês e terá chegado à Alemanha há cerca de um ano, tendo-se fixado em Berlim, onde pediu asilo. Segundo os media alemães, o principal suspeito da autoria do ataque que matou pelo menos 12 pessoas na noite desta segunda-feira no mercado de rua de Beitscheidplatz, nasceu em 1993 e já teria estado preso anteriormente por delitos menores.

Apesar de a sua identidade não ter sido oficialmente confirmada, o jornal “Bild” avança com o nome Naved B., detalhando a emissora local RBB (Rádio e Televisão Pública de Berlim), que o suspeito, detido pouco depois do ataque chegou à Alemanha através de Passau, na fronteira con a Áustria.

A detenção do suspeito foi possível graças a uma testemunha que, vendo um homem descer do camião e fugir, após atropelar dezenas de pessoas, resolveu segui-lo. Esta testemunha contactou depois a polícia, que deteve o suspeito nas imediações de Tiergarten, o jardim zoológico de Berlim.

As notícias mais recentes referem ainda que a ação policial levou, já de madugada, vários agentes a entrarem de rompante num albergue transformado em centro de acolhimento para refugiados, situado num dos hangares do aeroporto de Tempelhof e onde o suspeito estaria registado.

“As investigações sobre o presumível atentado terrorista em Beitscheidplatz continuam a toda a velocidade e com o cuidado necessário”, comunicou entretanto a policía através do Twitter. Ao início da tarde desta terça-feira, em conferência de imprensa, são esperados mais pormenores sobre o ataque e os dados apurados pelas autoridades.