Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Daesh reivindica atentado em Berlim

MAURIZIO GAMBARINI / EPA

O autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) acaba de reivindicar através da agência Amaq o atentado desta segunda feira num mercado de Natal em Berlim.Este é o terceiro ataque com um veículo automóvel reivindicado na Amaq no ocidente: depois de Ohio (EUA) e Nice (França) agora em Berlim (Alemanha)

O atentado desta segunda-feira num mercado de Natal em Berlim foi obra de um “soldado do Daesh”, o autoproclamado estado Islâmico, informa a agência Amaq usada por esta organização terrorista para reivindicar os ataques levados a cabo no Ocidente.

Foi através da Amaq que mais dois atentados semelhantes aos de Berlim, onde morreram 12 pessoas, foram reivindicados, a saber: no Ohio (EUA) e em Nice (Sul de França), a 14 de julho.

A terceira edição da revista Rumiyah, de propaganda do Estado Islâmico, lançada em novembro, incluia um guia sobre ataques terroristas com veículos. O manual, em várias línguas, designa este método como “fácil e insuspeito”.

Os atentados de Bruxelas, onde foi seguida uma outra estratégia, foi igualmente reivindicado pela única agência de notícias autorizada a trabalhar no califado, tal como o Expresso noticiou em março deste ano.