Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Milícia apoiada pelo governo do Iraque terá morto prisioneiros do Daesh

AHMAD AL-RUBAYE/GETTY

Relatório da Human Rights Watch indica que uma milícia apoiada pelo governo iraquiano matou quatro homens que capturaram em novembro, a norte de Mosul

A organização Human Rights Watch disse que uma milícia apoiada pelo Governo iraquiano matou alegados combatentes do grupo radical Estado Islâmico, que tinha capturado durante uma operação para retomar o controlo da cidade de Mosul.

A milícia Hashed al-Jabour formada por combatentes sunitas e parte das forças de Mobilização Popular, mataram quatro homens que capturaram na localidade a norte de Mosul em novembro, segundo um relatório publicado este domingo pela Human Rights Watch sediada em Nova Iorque.

O relatório diz que testemunhas do incidente disseram que os homens foram mortos na presença de forças de segurança iraquianas sem terem sido seguidos os procedimentos judiciais.

As forças da Mobilização Popular integram grande parte das milícias xiitas que formalmente estão sob controlo do governo, mas que repetidamente têm sido acusadas de abusos contra civis.