Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Funcionária suspensa por surgir nua em fotografias tiradas em ministério belga

A mulher alega que as fotografias são privadas e não tinham nenhuma relação com o seu trabalho. As imagens foram descobertas numa reportagem televisiva sobre homens e mulheres que oferecem serviços sexuais

Uma funcionária pública belga foi suspensa por ter posado nua em fotografias tiradas no seu gabinete de trabalho e em elevadores do Ministério do Interior, em Bruxelas.

A mulher, cuja identidade não foi divulgada, trabalhava para aquele ministério belga quando foi confrontada pelos seus responsáveis hierárquicos com as fotografias. Foi-lhe dito para entregar o seu computador portátil e o cartão de funcionária e para permanecer em casa, provisoriamente, com a totalidade do salário pago.

As imagens começaram por ser descobertas durante uuma reportagem de uma televisão francesa sobre homens e mulheres que oferecem serviços sexuais, revela o jornal belga “Het Laatste Nieuws”.

A mulher, que é identificada como uma funcionária administrativa, alega que as fotografias em causa são privadas e que não tinham nenhuma relação com o seu trabalho. Acusa ainda os responsáveis do Ministério do Interior belga de a estarem a tratar “como uma leprosa”, e afirma ter o apoio das suas companheiras de trabalho.