Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Atentado com camião armadilhado mata dezenas na Somália

SAID YUSUF WARSAME/EPA

O ataque que já foi reivindicado pelo grupo terrorista Al-Shabab teve como alvo as forças de segurança do porto de Mogadíscio

Um ataque com um camião armadilhado matou hoje pelo menos 29 pessoas em Mogadíscio, capital da Somália.

“Pelo menos 29 civis morreram e 50 ficaram feridos na explosão. Acreditamos ter-se tratado de um ataque suicida com um camião armadilhado”, confirmou à Reuters um responsável da polícia.

O grupo Al-Shabab, com ligações à rede terrorista Al-Qaeda, reivindicou o atentado através de um comunicado.

O porta-voz das operações militares do grupo terrorista, Xeque Abdiasis Abu Musab, disse à agência Reuters que o ataque visou os oficiais da polícia que se encontravam em serviço junto ao porto.

“Matámos 30 agentes das forças de segurança e ferimos 50. Atacámo-los porque eles foram treinados para garantir a segurança naquilo a que chamam eleições”, explicou o porta-voz.

A Somália tem eleições legislativas marcadas para 28 de dezembro.