Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Número de mortos em incêndio em Oakland sobe para 24

JOHN G. MABANGLO

Pelo menos 24 pessoas morreram no incêndio que deflagrou na sexta-feira num armazém em Oakland, Califórnia, onde decorria uma festa de música eletrónica, segundo o último balanço dos bombeiros, que antecipam mais mortes.

Pelo menos 24 pessoas morreram no incêndio que deflagrou na sexta-feira num armazém em Oakland, Califórnia, onde decorria uma festa de música eletrónica, segundo o último balanço dos bombeiros, que antecipam mais mortes.

A chefe dos bombeiros de Oakland, Melinda Drayton, disse que as corporações trabalharam durante a noite para retirar os destroços do edifício destruído.

Os bombeiros tiveram dificuldade em retirar os corpos no sábado, uma vez que o edifício está em risco de ruir.

O fogo deflagrou às 23:30 locais de sexta-feira (07:30 de sábado em Lisboa) e as primeiras informações, logo após o sinistro, indicavam que pelo menos nove pessoas haviam morrido e 25 estavam desaparecidas.

Na altura, a edição online do jornal Mercury referiu que, segundo os bombeiros, cerca de 70 pessoas estariam na festa de música eletrónica.
O armazém era conhecido como "Ghost Ship" ("Navio Fantasma") e as pessoas que ali viviam ou que visitavam o local com frequência dizem que era um espaço artístico e um abrigo ilegal para um grupo rotativo de uma dúzia de pessoas ou mais.