Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

França: Pelo menos um morto e dezenas de reféns em retiro para monges

Uma operação policial está a ser conduzida no sul do país. O suspeito fugiu e, até ao momento, desconhecem-se os motivos que levaram “um homem encapuçado, armado com uma faca e uma espingarda a entrar numa casa de retiro com 70 monges”

Um homem armado invadiu, esta quinta-feira à noite, um retiro para monges em Montferrier-sur-Lez, no sul de França. Segundo a Câmara de Hérault, citada pelos meios de comunicação franceses, há registo de pelo menos um morto neste “ato criminoso”.

“De momento, não há nada que aponte para que seja um ato terrorista”, disse fonte da investigação, citada pela agência Reuters.

O homem, avança o jornal francês “Le Figaro”, terá entrado no retiro e esfaqueou uma mulher, que ainda conseguiu alertar as autoridades. Quando a polícia chegou ao local, a mulher foi encontrada morta, amarrada e amordaçada.

O suspeito está em fuga e a polícia está agora à procura “um homem encapuzado, armado com uma faca e uma espingarda de cano serrado”, que invadiu a casa onde se encontravam 70 monges. Para já, desconhecem-se os motivos que podem ter levado à invasão do local.

O retiro, que fica a cerca de dez quilómetros de Montpellier, seria a casa de monges que fizeram várias missões humanitárias em África, escreve a AFP.