Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Assalto em Paris. Duas mulheres do Qatar perdem €5 milhões

MATTHIEU ALEXANDRE/GETTY

Crime ocorreu na autoestrada que faz a ligação entre os aeroportos de Roissy-Charles-de-Gaulle e de Bourget. Assaltantes encontram-se a monte

Duas mulheres do Qatar foram assaltadas na noite desta segunda-feira nos arredores de Paris, perdendo “pelo menos cinco milhões de euros em joias, roupas e bagagem”, noticia a imprensa francesa.

Foi quando se deslocavam num Bentley com motorista privado que as duas cidadãs, ambas sexagenárias, foram abordadas por um grupo de criminosos, depois de terem aterrado no aeroporto de Bourget, no norte da capital francesa. Três homens encapuzados obrigaram a viatura a sair da autoestrada e a estacionar junto de uma estação de serviço, levando todos os pertences das mulheres, refere a AFP.

Os assaltantes encontram-se a monte. Entretanto, a polícia de Paris já abriu um inquérito sobre o crime. Segundo a imprensa gaulesa, são frequentes estes tipos de assaltos na autoestrada que faz a ligação entre os aeroportos de Roissy-Charles-de-Gaulle e de Bourget.

No mês passado, Philippe Ginestet, um conhecido empresário francês, foi também assaltado na mesma autoestrada quando seguia no seu automóvel. O roubo causou um prejuízo de cerca de 100 mil euros.

Antes, em abril, foi registado outro caso idêntico. Um colecionador de arte perdeu quatro milhões de euros em joias durante um assalto num táxi, enquanto há dois anos um príncipe saudita foi também vítima de um assalto e agressão quando se dirigia para o aeroporto de Bourget, tendo perdido 250 mil euros, recorda o “Fígaro”.

O aeroporto de Bourget é exclusivo para jatos privados e executivos, estando na mira de grupos organizados que preparam assaltos a estrangeiros que seguem em viaturas luxuosas.

O governo francês diz estar atento a estes crimes, tendo anunciado ainda no início deste mês várias medidas para reforçar a segurança dos turistas, preocupados também com o terrorismo.