Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Avô de Donald Trump foi expulso da Alemanha

Wikipedia

Um documento histórico agora revelado mostra que o avô do Presidente eleito dos EUA recebeu ordem de expulsão em 1905, por não ter cumprido o serviço militar obrigatório

O avô do Presidente eleito dos Estados Unidos foi expulso temporariamente da Alemanha por ter desertado, de acordo com um decreto agora revelado por um historiador.

No documento com data de fevereiro de 1905, Friedrich Trump recebeu ordem de expulsão do reino da Baviera (sul da Alemanha) durante oito semanas a título de punição por não ter comparecido ao serviço militar obrigatório e por não ter avisado as autoridades de que iria viajar para os Estados Unidos, para onde emigrou em 1885 aos 16 anos.

Em 1905, o avô de Donald Trump tentou regressar a Kallstadt, sua cidade natal, mas recebeu ordem de expulsão, da qual chegou a recorrer, sem sucesso. Friedrich, haveria de embarcar, de regresso à América, num navio a vapor, no dia 1 de julho de 1905, na companhia da sua mulher Elisabeth Christ, então grávida de três meses do pai do futuro chefe de Estado norte-americano.

Os habitantes de Kallstadt, conta o "The Guardian", revelam-se pouco entusiasmados com a ideia de terem um filho da terra na presidência dos Estados Unidos.