Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ataque do Daesh mata pelo menos 35 pessoas em mesquita de Cabul

JAWAD JALALI/EPA

O ataque de um bombista suicída ocorreu esta segunda-feira quando decorria numa mesquita xiita da capital do Afeganistão uma cerimónia para assinalar a morte do imã Hussein

Pelo 35 pessoas morreram e mais de 80 ficaram feridas no ataque suícida ocorrido ao início da tarde desta segunda feira contra uma mesquita xiita Baqir ul Olum, em Cabul. O atentado, posteriormente reivindicado pelo autodenominado Estado Islâmico (Daesh), surge como o mais recente ataque contra a comunidade xiita no Afeganistão.

A explosão aconteceu quando estava a ter lugar na mesquita uma cerimónia inserida nos 40 dias de celebrações do Achoura, que assinala a morte do imã Hussein, mártir dos xiitas. Responsáveis oficiais indicaram que o bombista suícida se fez explodir entre os fieis dentro da mesquita.

O recente surgimento de inúmeros guerrilheiros leais ao Daesh, grupo sunita, no Afeganistão, está associado à ocorrência de ataques contra os xiitas na capital do Afeganistão.

Em outubro, um atirador atacou outra mesquita xiita em Cabul. Em julho, um outro ataque contra xiitas, atribuído ao Daesh, vitimou 14 pessoas.