Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Descoberta nova estrutura em pirâmide do México

Milhares de turistas assinalam todos os anos o equinócio da primavera junto da Pirâmide de Kukulcan, em cujo interior foi agora descoberta uma terceira estrutura

ALEJANDRO MEDINA / AFP / Getty Images

Pirâmide situada na cidade arqueológica de Chichen Itza terá sido construída em três fases, segundo os especialistas

Foi descoberta uma nova estrutura no interior da famosa pirâmide de Kukulkan, na província de Yucatán, no México. Trata-se de uma terceira estrutura do monumento construído pelos maias entre os anos 550 e 800 depois de Cristo, o que leva o arqueólogos a acreditar que a construção teve três fases, refere a BBC.

De acordo com o site do canal britânico, a estrutura piramidal tem 10 metros de altura e encontra-se situada entre outras duas estruturas que compõem o templo com 30 metros de altura.

A descoberta arqueológica foi conseguida graças à realização de uma tomografia em três dimensões, técnica que consiste em iluminar o interior da pirâmide para observá-la sem riscos de eventuais danos.

Entre outros aspetos, a engenharia das pirâmides teria em conta a deterioração da estrutura e a chegada ao poder de novos líderes, sublinha a BBC.

No ano passado, uma equipa de arqueólogos descobriu que a pirâmide de Kukulkan – declarada Património da Humanidade da UNESCO – foi construída por cima de um rio subterrâneo durante a civilização maia. Outra estrutura interior do monumento foi descoberto na década de 1930. Arqueólogos e historiadores continuam à procura de novas pistas que possam fornecer mais dados sobre a civilização maia.