Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Obama e Merkel em sintonia quanto à luta contra o terrorismo e as alterações climáticas

GETTY

Obama e Merkel defendem a importância da continuidade das relações transatlânticas para responder aos desafios globais

Na última paragem do périplo pela Europa, Barack Obama vai reunir-se esta quinta-feira com a chanceler alemã para discutir os desafios das relações transatlânticas, numa altura em que se prepara para passar a pasta ao seu sucessor.

A propósito da visita, Obama e Merkel escreveram um artigo conjunto – que foi publicado esta quarta-feira pela revista “Wirtschaftwoche”–, defendendo a importância da cooperação entre os EUA e a Europa, nomeadamente no combate ao terrorismo ou às alterações climáticas.

“Com a convicção comum de que o comércio e os investimentos melhoram os níveis de vida, estamos comprometidos com o importante projeto de criar uma aliança transatlântica de comércio e investimentos”, pode ler-se no artigo.

Os dois líderes afirmam que é vital moldar a globalização em função dos valores e das idéias comuns. “Devemos aos nossos negócios e aos nossos cidadãos – inclusive a toda a comunidade global – ampliar e aprofundar a nossa cooperação”, acrescenta.

Numa referência indireta às pretensões de Trump relativamente à questão climática, Obama e Merkel sustentam que o acordo de Paris possibilita uma “estrutura para a proteção conjunta do nosso planeta.”

Na visita a Berlim, o Presidente norte-americano deverá voltar a tranquilizar a Europa relativamente às intenções de Trump, reiterando aquilo que dissera em Atenas, que os EUA se vão manter comprometidos com a NATO e que pretende assegurar uma “transição política suave”.