Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Autarca norte-americana demite-se após comentário controverso sobre Michelle Obama

Chip Somodevilla/GETTY

“Fizeste o meu dia, Pam”: foi este comentário de Facebook que levou à demissão de Beverly Whaling do cargo de mayor da cidade de Clay, numa resposta a uma publicação que apelidava Michelle Obama de “macaca de saltos altos”

A autarca da pequena cidade de Clay no Estado da Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos, Beverly Whaling, demitiu-se do cargo esta terça-feira, escreve o jornal americano “Washington Post”. Em causa está a resposta que deu à publicação de Pamela Ramsey Taylor, diretora da associação Clay County Development Corp., em que esta referia que "vai ser refrescante ter uma primeira-dama linda, com classe e dignidade, de regresso à Casa Branca" e que já estava "cansada de ver uma macaca de saltos altos".

Estes comentários foram posteriormente apagados, todavia não deixaram de se tornar virais e de gerar muita controvérsia nas redes sociais. As duas mulheres foram acusadas de racismo e foi criada uma petição a pedir a sua demissão, que foi assinada por cerca de 150 mil pessoas.

Em comunicado ao “Washington Post”, Beverly Whaling garantiu que "não tinha de todo a intenção de ser racista no comentário que fez" e que apenas se referia à mudança que iria ocorrer na Casa Branca. Whaling pediu ainda desculpa e refere que lamenta o sucedido. Pamela Ramsey Taylor foi, por sua vez, demitida do cargo que ocupava à frente da associação, tendo já sido escolhida uma substituta: Leslie McGlothlin.

Em Clay, mais de três quartos dos residentes votaram no presidente eleito Donald Trump, de acordo com o jornal norte-americano.