Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bispos católicos pedem a Trump “políticas humanas” para migrantes e refugiados

ANDREJ ISAKOVIC/GETTY

Contra as promessas de Donald Trump, a Conferência Norte-Americana dos Bispos Católicos apelou ao novo Presidente dos EUA para acolher as pessoas que fogem de conflitos e violência nos seus países de origem

Os bispos católicos dos Estados Unidos instaram esta o Presidente norte-americano eleito, Donald Trump, a adotar políticas humanas em relação aos imigrantes e refugiados que chegam ao país.

No apelo, emitido no seu encontro anual, em Baltimore, a Conferência Norte-Americana dos Bispos Católicos frisou que servir e acolher pessoas que fogem de conflitos e violência faz parte da sua identidade enquanto Católicos Romanos e que continuarão a oferecer essa ajuda.

Trump adotou um discurso radical sobre a imigração durante a campanha presidencial, em que prometeu construir um muro ao longo da fronteira dos Estados Unidos com o México e deportar os 11 milhões de imigrantes ilegais no país.

Posteriormente, distanciou-se dessas afirmações, tendo declarado, numa entrevista ao programa televisivo "60 Minutos", da CBS, no domingo à noite, que se concentraria em deportar pessoas com antecedentes criminais, além da sua condição de imigrantes.