Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump Tower protegida com barreiras de cimento e restrições de voo

CARLO ALLEGRI / Reuters

As medidas de segurança ficam em vigor até Donald Trump tomar posse como Presidente dos EUA

Luís M. Faria

Jornalista

Donald Trump propôs durante a campanha eleitoral construir um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México, para impedir a entrada de imigrantes ilegais. Enquanto isso não acontece, a polícia de Nova Iorque e os serviços secretos – o corpo encarregue de proteger os Presidentes e os candidatos presidenciais – estão a construir um muro à volta da sua atual residência.

Trump mora na penthouse da famosa torre que leva o seu nome, um edifício icónico dos anos 80 que fica situado na quinta avenida em Nova Iorque. É um local popular, muito visitado pelos turistas, e que funcionou como sede da sua campanha presidencial. Agora e até 20 de janeiro, quando Trump tomar posse, o acesso passa a ser limitado.

O objetivo das barreiras de cimento instaladas é prevenir ataques bombistas. Também é isso que justifica as restrições de voo agora impostas num perímetro de duas milhas náuticas à volta do canto sudeste do Central Park – a quatro quarteirões da torre. Restrições que permanecerão em vigor igualmente até à inauguração presidencial.