Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Retirada de notas lança o caos na Índia

Filas intermináveis formam-se à porta dos bancos para trocar as notas proibidas

CATHAL MCNAUGHTON / REUTERS

A proibição da circulação de notas de 500 e mil rupias indianas, como uma medida anticorrupção, está a provocar o caos entre a população. As notas fora de uso representam 85% do total em circulação

As filas à porta dos bancos indianos são intermináveis. Milhares de cidadãos procuram trocar suas notas de 500 e 1000 rupias (cerca de 6,8-13,6 euros), proibidas de circular na terça-feira como parte de uma medida anticorrupção. Os indianos têm até 30 de dezembro para trocar as suas notas antigas.

A medida surpresa imposta pelo Governo de Narendra Modi procura combater a corrupção, a circulação de dinheiro ilegal e a evasão fiscal. Os bancos irão monitorizar a troca de dinheiro, procurando detetar aqueles com quantidades extraordinárias de dinheiro escondido.

O caos instalou-se no país, quando as notas antigas deixaram de poder ser utilizadas. Os bancos fecharam na quarta-feira, para repor as notas, e as caixas multibanco impuseram limites ao levantamento de dinheiro, deixando aqueles que antes tinham quantidades razoáveis de dinheiro com apenas pedaços de papel sem valor. As notas banidas representavam 85% do dinheiro em circulação na Índia.