Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Protestos irados em várias cidade americanas

SHANNON STAPLETONREUTERS

“Não é o meu Presidente” e “Que se f... Donald Trump”, gritaram os manifestantes. Milhares protestaram em diversas cidades do oeste dos Estados Unidos. Alguns pegaram fogo a pneus e camiões do lixo. Na Califórnia, uma pessoa foi atropelada, ficando ferida com gravidade, quando os manifestantes tentavam bloquear uma estrada

Milhares de pessoas manifestaram-se esta quarta-feira em diversas cidades do oeste dos Estados Unidos contra a eleição de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos.

“Não é o meu Presidente” e “Que se f.... Donald Trump”, gritaram alguns. Nos estados da Califórnia, Oregon e Washington, manifestantes expressaram a sua ira pegando fogo a objetos e efígies.

Na Califórnia, há também indicações de que pneus e camiões do lixo foram incendiados e janelas partidas. Um manifestante foi atropelado, ficando ferido com gravidade, quando tentava bloquear a circulação de uma estrada.

“Nós não podemos apenas ficar sentados e deixar um racista e sexista tornar-se Presidente”, afirmou Adam Braver, um estudante de Ciência Política, de 22 anos, da Universidade da Califórnia, Berkeley, um dos manifestantes citados pelo “The New York Times”.

No Oregon, dezenas de pessoas bloquearam a circulação rodoviária na baixa de Portland e procuram atrasos na circulação ferroviária.

No estado da Pensilvânia, no leste dos Estados Unidos, também ocorreram protestos, Milhares de estudantes da Universidade de Pittsburgh marcharam pelas ruas apelando à unidade contra Trump. “Reunião de emergência: Vamos Unir-nos para Travar o Presidente Trump”, foi o apelo lançado na conta do Twitter do “The Pitts News”, um jornal universitário.

Lady Gaga apresentou-se em cima de um camião, junto às Trump Towers, em Nova Iorque, com um cartaz onde se lia "Love Trumps Hate" (um trocadilho, que numa tradução livre significa algo como “O Amor é Mais Forte que o Ódio", que joga com semelhanças fonéticas em relação ao apelido do novo Presidente).